Organização para um projeto faça-você-mesmo: pintura

Pode não ser para qualquer pessoa  mas renovar a pintura interna da casa pode ser um projeto para as férias ou uma atividade para um fim de semana.

Antes de começar veja as dicas para saber qual tinta comprar, como calcular as quantidades necessárias e o material completo para realizar a pintura.

  • Peça orientação na loja onde for comprar. Os grandes centros têm mega lojas e profissionais capacitados para tirar dúvidas , fazer a indicação do produto adequado e ajudar no cálculo de quantas  latas  de tinta serão necessárias
  • Escolha a tinta e produtos para a pintura de primeira linha ,dentro do  seu orçamento. Com produtos de qualidade você não terá que repintar com frequência.
  •  Nos sites dos fabricantes é possível fazer a simulação com diversas cores a partir das medidas e dimensões dos cômodos além de encontrar a indicação do produto adequado.

Material:

  1. Plástico para forrar pisos e proteger os móveis, estopa ou trapos, fita crepe, máscara protetora, luvas, rolo de lã/ rolos de espuma, extensores para rolo, pincéis, espátulas, lixas, esponjas, misturador de tintas, bandeja para pintura, escada.
  2. Tintas  para paredes e tintas específicas  para portas, janelas e rodapés.
  3. Massa para correção de imperfeições.
  4. Solventes de acordo com as tintas a serem aplicadas .(Marinheiros de primeira viagem: tintas à base de água  substituem as tradicionais tintas esmaltes e a maioria dos produtos “com cheiro”  e que precisam preparo com solvente).

Preparando os ambientes

  1. Comece  protegendo  pisos e afastando ou  removendo objetos e móveis.Você pode utilizar lona plástica ou  papelão para o piso e plástico bolha para os móveis. (O jornal diretamente no piso acaba grudando nos pés e rasga com facilidade).
  2. Retire tapetes, espelhos dos interruptores e tomadas. Proteja luminárias e esquadrias das janelas com fita crepe.
  3. Junte as  ferramentas e materiais para o trabalho em um só lugar como num balde ou  caixa de papelão para que o itens  não se espalhem pelos cômodos.

Mão na massa

  1. Paredes: antes da aplicação da tinta é importante lixar e limpar o pó com uma esponja. Corrija as imperfeições com massa  e lixe para nivelar e ter um  resultado uniforme.
  2. Trabalhe  sobre uma proteção extra no piso (um pedaço de papelão, uma bandeja plástica) para  misturar  e preparar  a  tinta  antes  de despejar na bandeja de pintura.
  3. Siga a sequência: teto, paredes, portas, rodapés, janelas e respiete  as indicações de pausa entre as aplicações (demãos).

Limpeza

  1. Limpe imediatamente respingos e seque  a eventual tinta derramada, mesmo que o piso esteja forrado com plástico.
  2. Espere a secagem completa antes de fazer a limpeza de portas e esquadrias.
  3. Após a retirada da proteção do piso evite o uso da vassoura para não levantar poeira – use o aspirador  de pó e elimine os   resíduos  completamente antes de passar pano ou lavar o chão.

Comentários