Administrando a compra do material escolar para o novo ano letivo

Saber administrar e antecipar  a compra do material escolar é a melhor forma de não se estressar  na última semana das férias.
Apesar de especialistas da economia  dizerem que o material escolar não subiu acima da inflação, essa despesa é uma das que mais sobrecarregam o orçamento.

images (1)Dicas:

1 – A maioria das escolas já disponibiliza a lista de material escolar na época das matrículas, antes até do final do ano letivo. Começar a comprar alguns itens  com antecedência permite encontrar preços baixos.

2. Nem todo o material precisa  ser renovado. Itens do material do ano anterior  em bom estado podem ser reutilizados.

3. Pesquise na Internet para saber onde encontrar os melhores preços tanto nas papelarias quanto em atacados. Isso também permite economizar tempo e evitar deslocamentos pela cidade.

3. Cadernos, fichários, estojos que estampem personagens licenciados são mais caros que os comuns, que nem por isso são de qualidade inferior. Uma caixa de canetinhas do Super Herói ou da Fashion Menina não é melhor do que uma comum, do mesmo fabricante.

4. Fazer compras em lojas de atacado é a saída para famílias com mais de um filho em idade escolar. Também é possível reunir-se aos responsáveis pelos  colegas da escola onde a criança ou o jovem estudam e fazer o rateio dos materiais comprados coletivamente no atacado.

5. O material didático – livros,dicionários, manuais – pode ser adquirido pela escola em quantidade suficiente para conseguir descontos atraentes e repassá-los aos alunos. Caso não seja possível negociar essa forma de compra com a escola, os pais podem fazer a compra em grupo, diretamente na editora.