Organização doméstica

No século passado a administração da casa, serviços domésticos e cuidados com os filhos eram tidos como atividade única da dona de casa. Até que a mulher como força de trabalho passou a ocupar   cargos relevantes nas organizações e cresceu em números no mundo corporativo.

Dessa  conquista resultou a conhecida dupla jornada e o dilema de   conciliar carreira e  vida  pessoal.  A mulher esta disposta a investir em formação e na carreira mas sem abrir mão da vida familiar.

Tanto a executiva quanto a mulher que não tem ocupação profissional ativa buscam melhorar suas técnicas de organização e otimização de tempo e espaço.

Revistas, programas de TV, internet, apresentam e discutem soluções voltadas à qualidade de vida, ao desempenho de atividades mantendo o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

Estamos  preocupadas com a forma adequada de organizar e gerenciar nossas residências da mesma forma que as organizações estão voltadas para a busca de qualidade.

Conheça, adapte e  aplique as ferramentas do mundo corporativo também na sua organização doméstica.

Mulheres e homens que desempenham fortemente suas atividades profissionais  a partir dessa prática administram tão bem suas casas quanto suas empresas.

Elabore  um planejamento adequado. Relacionar  pontos sobre os quais devemos atuar  (o que se considera cuidados com limpeza, alimentação e educação tem desdobramentos que cabem num organograma!) é o primeiro passo.

Comentários