Rotina, seja bem vinda!

 

Não, rotina não é uma coisa chata, não é monotonia! É um roteiro! E sobre ele temos total domínio, podendo reescrever trechos, alterar etapas. Só não podemos improvisar o tempo todo.

Se existe uma área onde as rotinas sempre serão bem vindas é a da organização.

Constantemente as pessoas enviam e-mail, fazem comentários sobre as dificuldades em se organizarem, em “darem conta” de tanto por fazer em tão pouco tempo. Sobre o tempo a receita é uma só: todos temos as mesmas 24 horas e o importante é priorizar e tirar delas o maior proveito. E nunca se deixe convencer de que  tem mais coisas a fazer do que os outros, não seja condescendente.

E claro, a procrastinação  pode ser sua  maior inimiga. Comparo a uma pia com um copo sujo e uma pia lotada de louça para lavar. Se você vai procrastinando, não lava aquele copo inicial, quando vai encontrar motivação (e tempo) para lavar a pilha de louça?

Rotinas simples e que fazem a diferença:

Casa: fazer as camas, pendurar as roupas, lavar a louça, guardar os brinquedos, recolher o que for deixado fora do lugar, checar o que tem na geladeira e despensa, programas as refeuções, ter dias definidos para lavar as roupas, limpar por ambientes, recolher e dispensar o lixo.

Trabalho:  chegar no horário (e sair no horário), executar as tarefas numa sequência estabelecida e evitar apagar incêndios, manter o foco, não deixar de fazer as refeições,  manter arquivos atualizados, conhecer e utilizar todos os recursos disponíveis sejam tecnológicos sejam físicos.

Pessoal: incluir atividades físicas ou intelectuais que te dão prazer, dedicar tempo de qualidade à família, programar passeios e curtir momentos  juntos (nem sempre requer investimento $), realizar um projeto próprio (mesmo que pareça egoísmo com tantas obrigações a cumprir).

 

 

Comentários