Organização de Brinquedos: desapego infantil existe sim.

Como profissional de organização muitas vezes ao organizar um quarto de criança ou uma brinquedoteca  encontro  brinquedos de diversas faixas etárias. As crianças crescem e os brinquedos deixam de ser interessantes ou já não se adaptam às habilidades adquiridas mas continuam nas prateleiras e nos baús.

Na maioria das vezes, a questão de otimização do espaço, a redução de itens, esbarra no apego sentimental  dos pais, pois criança  pode ser convencida e entender as razões para se desfazer com o acompanhamento da mãe/pai.

Quando somos generosos, repassando brinquedos que já não são mais adequados e estão em bom estado estamos fazendo a alegria de outras crianças que não têm a mesma oportunidade que nossos filhos.

As lembranças não estão nos objetos portanto vamos manter  poucos itens como recordação da infância deles. 

Campanha de doações do Exército de Salvação. Clique aqui 

*O Exército de Salvação está arrecadando brinquedos em bom estado para presentear meninos e meninas atendidos pela instituição em São Paulo e no Rio de Janeiro.
Além disso, através do programa de bazares beneficentes centenas de famílias carentes serão beneficiadas através das doações de brinquedos que são encaminhadas aos bazares e repassadas por um preço simbólico nos bazares do Exército de Salvação.

Comentários