Tradição de Natal – rabanada

Originalmente eram sobras de pão umedecidas em vinho, calda ou leite (ou o  que se tivesse em maior abundância), passadas por ovos batidos e fritas em gordura (óleo ou azeite nos dias atuais).

As rabanadas foram trazidas pelos portugueses e definitivamente  incorporadas à  culinária brasileira, onde aparecem durante todo o ano, do café da manhã ao lanche.

Em  Portugal  o termo  rabanada é adotado  em algumas regiões  enquanto em outras é chamada de fatia-dourada ou fatia-de-parida (termo usado também  no nordeste brasileiro).

Tradicionalmente fazem parte de muitas mesas da ceia de Natal. São servidas polvilhadas com açúcar e canela,   regadas com calda de açúcar ou mel.

Como a criatividade culinária não tem limites, nos dias atuais utiliza-se na  preparação o  pão de forma, leite condensado, leite de coco, etc.

Receitas : http://receitas.anaafonso.com.br/

 

 

Comentários