Como escolher vinhos para a Ceia de Natal e Ano Novo

Muita gente fica em dúvida com relação a vinhos  para servir na ceia de Natal. Existem diversas formas de se familiarizar com o mundo dos vinhos e a ajuda também pode ser encontrada no site de um grande supermercado.

Espumantes

 Por tradição, os Espumantes e os Champanhes são amplamente consumidos nas festas de final de ano, afinal é tempo de comemorar e de desejar sorte para o ano que chega. Nada mais agradável que uma boa taça de um vinho a borbulhar, que nos inspira e nos toca a alma. Temos no Brasil o privilégio de produzir espumantes de excelente qualidade.
Nossos espumantes têm a acidez desejada e todos os aromas que remetem às frutas e flores, o que os torna agradáveis na degustação e no acompanhamento de nossa rica gastronomia.
Hoje, já disputam com seus rivais pelo mundo afora um lugar de destaque neste cenário das borbulhas.
Gelar o espumante
A temperatura ideal para se servir um espumante é de 6ºC. Países como o Brasil devem adaptar-se de acordo com suas condições climáticas. O calor dos trópicos exige que o espumante vá à geladeira durante 24 horas para garantir a temperatura ideal antes de ser servido. O uso de um balde de gelo é essencial para manter a temperatura da garrafa enquanto está fora da geladeira.
Copo ideal
O copo ideal, ou melhor, a taça mais indicada para servir espumantes é a flûte. Trata-se de um tipo de taça com cabo alto e bojo comprido e estreito, cuja finalidade é preservar o máximo de tempo possível o gás carbônico presente nestas bebidas. Sua haste longa impede que a temperatura dos dedos afete a da bebida e a sua “boca estreita” diminui a área de contato com o ar, fazendo com que haja menos troca de calor com o ambiente.
Como servir
Evite “explodir” a garrafa de espumante. Isso incentivará a saída do gás e, consequentemente, resultará em um número menor de borbulhas. Para abrir com segurança, segure a rolha e gire a garrafa cuidadosamente até ela sair em sua mão. Esta forma preservará o gás natural do champanhe. Para colocar o espumante na taça, incline-a levemente para evitar movimentos que facilitam a saída do gás.

Reprodução de texto: Dicas do consultor de vinhos do Pão de Açúcar, Carlos Cabral

Comentários