Potes plásticos ou potes de vidro?

Potes plásticos ou potes de vidro?

 

Praticamente todas as cozinhas têm uma coleção de “tupperware”. Em qualquer  supermercado ou  loja de $ 1,99 há diversas opções, de boa  qualidade até aqueles em que não há sequer o nome do fabricante.

Você toma cuidado e usa critério ao comprar seus potes? Há algum tempo venho substituindo na minha cozinha os plásticos por potes de vidro. Armazenar alimentos quentes em plástico nunca me pareceu muito saudável e fiz algumas pesquisas para entender quais as vantagens e desvantagens.

Um artigo do Dr. Carlos Braghini Jr  explica os perigos do plástico:

O problema ligado aos plásticos está na possibilidade dele conter uma série de compostos químicos, entre os quais conhecemos melhor o poder tóxico de dois deles: os fitalatos e o bisfenol-A (BPA). ……..

O maior problema com o BPA é que ele não fica no plástico, mas vaza para a comida e/ou bebida contida no recipiente. O mais grave, é que ao aquecer no micro-ondas ou colocar comida ou bebida quente dentro dele, segundo um estudo da University of Cincinnati, publicado em fevereiro de 2008, o BPA é liberado 55 vezes mais rápido! (…)

Se você optar por usar recipientes de plástico, assegure-se de fugir daqueles marcados com o número de reciclagem 7 (aquele que aparece no fundo dentro de um triângulo), pois significa que pode conter BPA. Os marcados com os números 1, 2, 4 ou 5 não contêm BPA, mas não estão livres de outros produtos químicos. Se tiver diante de um recipiente bonito, colorido e transparente provavelmente contém BPA.”

 

Então, se você tem essa mesma preocupação, troque seus potes ou dê preferência ao vidro. À venda no mercado existem diversas versões dos potes com tampas (as de plástico não devem  estar em contato com o alimento) e mesmo os vidros de conserva reciclados se transformam em  embalagens seguras.

Comentários